quinta-feira, 18 de março de 2010

Uma rosa em segredo



Walnize Carvalho
Dora passava pela rua quando deparou com uma manifestação popular. Bem diferente de gritos exaltados havia cantoria que se misturava com orações, palavras afetuosas e...distribuição de rosas.Rosas vermelhas.
Timidamente, aproximou-se do grupo e se deu conta que se tratava da comemoração do “Dia internacional da Mulher”.Ficou por ali calada e emocionada quando um dos manifestantes aproximou-se dela e lhe entregou uma rosa.Rosa vermelha.
Ruborizada, mas feliz fez o trajeto de casa carregando o mimo nas mãos como quem carrega algo precioso e frágil. E era frágil. Era uma rosa. Uma rosa vermelha. E era preciosa, pois não se recorda dia algum em que levava em mãos oferta tão significativa.
Visivelmente envaidecida, aspirava de minuto a minuto o belo presente.
Quase chegando à casa, uma dúvida misturada com angústia povoaram seu pensamento: Como abrir a porta da sala e deparar com Dagoberto - seu marido-( que por certo estaria lendo os jornais) com a rosa vermelha vistosa e perfumada, sem que ele a olhasse com espanto e a enchesse de perguntas quebrando todo o encantamento?
Preferiu entrar pela portas dos fundos e no quartinho dos fundos acomodou “sua menina” no primeiro recipiente que encontrou.Buscou água para regá-la e dia após dia cumpria o prazeroso ritual de ir visitá-la para inebriar-se com o seu perfume...
Até que ,numa manhã, Dagoberto (o marido) anunciou viagem de negócios.
Dora correu a um só fôlego para o cômodo onde trazia prisioneira, a rosa.A rosa vermelha.Planejava colocá-la numa jarra bem bonita no centro da mesa da sala´onde ela iria, afinal, exalar sua fragrância reinando absoluta sem pudor e questionamento.
O que encontrou foi sua rosa desfalecida, despetalada . Com lágrima nos olhos recolheu as pétalas já não mais vermelhas (em tom rubi )e levemente ressecadas, mas que ainda exalava um pouco do perfume do “primeiro encontro”.
Buscou um livro na estante e nele depositou as fragmentos de ternura.

4 comentários:

henrique menna disse...

Oi, seu Blog é muito bom, é show adorei mesmo, vou segui ele, quando de da uma olhada no meu http://henrique199.blogspot.com/, um forte abraço! Já to seguindo seu blog!

joshua disse...

Belo trabalho poético. Adorei, Paula.


PALAVROSSAVRVS REX

walnize carvalho disse...

caro joshua,
A generosidade de Ana Paula em publicar meus textos em seu blog faz com que aumente nossa cumplicidade poética e surja leitor como você.
Walnize

walnize carvalho disse...

caro joshua,
A generosidade de Ana Paula em publicar meus textos em seu blog faz com que aumente nossa cumplicidade poética e surja leitor como você.
Walnize